Como aplicar o mesmo papel de parede em todos os computadores da minha rede?

Você muitas vezes precisa aplicar permissões, papéis de parede, gerenciar grupos de computadores da sua rede, padronizar as senhas, de forma manual? Pare de sofrer. Nesse post vou te ensinar um segredo que pode revolucionar a forma de gerenciar os computadores da rede da sua empresa. Geralmente os gestores das empresas tem a necessidade padronizar o papel de parede dos computadores e bloquear a instalação de determinados softwares. E na maioria das vezes tem que fazer isso manualmente, máquina por máquina. Pois fique sabendo que isso não é necessário. Neste artigo vamos te apresentar o Active Directory, também conhecido como AD.


O que é Active Directory?


Grosso modo, o Active Directory é uma ferramenta da Microsoft que permite o gerenciamento dos usuários da rede em um único diretório, ou seja, um único lugar onde se tem todos os usuários, logins, senhas, funções atribuições, etc. Mas o que isso traz de benefícios para a rede da sua empresa? No que um AD pode ajudar? Vamos contar a vocês algumas das vantagens.


1. Gerenciamento dos usuários.


Através do AD é possível gerenciar todos os usuários de uma rede, ou até mesmo criar grupos de usuários e aplicar a eles diferentes permissões ou atribuições. Também é possível aplicar um papel de parede em vários computadores da rede. Você usa o comando em um só computador e esse comando é aplicado em várias máquinas e usuários ao mesmo tempo.


2. Gerenciamento de permissões


Um gestor preza por uma rede de computadores organizada e padronizada. Para isso acontecer é necessário que o usuário tenha permissões adequadas nos computadores. Geralmente, designamos ao setor de TI a instalação de softwares. Justamente para evitar que um usuário tente instalar um software “pirata”, ou então um jogo, ou qualquer outra coisa que não seja aprovada pela diretoria. Quando utilizamos um servidor de arquivos onde centralizamos todos os documentos, podemos utilizar o AD para definir quem tem acesso a cada pasta. O mais legal é que podemos dividir os usuários por setores. Dessa forma, só o grupo de usuários do RH tem acesso à pasta de RH, o grupo de vendedores tem acesso a pasta dos contratos, o gerente geral tem acesso a tudo, e assim por diante. 


3. É possível logar em qualquer máquina da rede.

Quando se tem um AD, o seu usuário e senha não ficam armazenados na sua máquina local, e sim no AD que está alocado dentro do servidor da rede ou em nuvem. Dessa forma é possível entrar com seu usuário e senha em qualquer máquina da rede e nela acessar todas as suas permissões, personalizações pessoais e seus arquivos. 

4. O que eu preciso para ter um AD na minha rede?

O AD é um pré-requisito para várias configurações dentro da rede da sua empresa. Para implementar o Serviço de Active Directory é necessário um bom servidor. Para que os computadores se comuniquem com o AD eles precisam ter instalado o sistema operacional Windows na versão Professional. Estações Linux também podem ser ingressadas. Windows na versão HOME, SINGLE LANGUAGE, não funcionam com o AD, pois eles não são recomendados para uso profissional.

5. Posso utilizar o Linux como servidor?

Sim. O servidor de AD geralmente é implementado no Microsoft Windows Server, porém existe um aplicativo no Linux chamado Samba4 que faz basicamente as mesmas funções.

6. AD serve só para os computadores?

Não. Com uma programação bem estruturada do AD, criamos o conceito de Single Sign-On. Em resumo, este conceito permite que o usuário entre em todos os sistemas com mesmo login e mesma senha. Imagine o beneficio disso. E-mail, servidor de arquivos, software da empresa, comunicador internet (chat), todos estes sistemas utilizando a mesma senha, e quando você muda em um sistema ou no computador, a senha é alterada em todos os lugares. Com esta função o colaborador acaba com o problema de cada sistema ter uma senha diferente. Isso é um pesadelo na vida do usuário, pois os sistemas por segurança solicitam alteração da senha a cada intervalo de tempo, então o funcionário recorre ao famoso caderninho de senhas, ou a um post-it colocado no monitor, com sua senha de cada sistema, o que não é nada seguro. Esta ação coloca todos os sistemas de proteção da rede em uma situação de ineficiência, pois uma pessoa má intencionada pode conseguir inserir um pedido inválido usando no nome de outra pessoa. Um hacker pode utilizar destas senhas para roubar informações da empresa. 

Mais lidos

Veja também os artigos mais lidos da semana.